NOTÍCIAS

02/15/2022

Negócios locais podem crescer após pandemia se agirem rápido e entenderem seu público

Novo normal ou não, a pandemia da Covid-19 trouxe uma certeza: quem não assumir um papel de protagonista vai ficar para trás.
A sentença é da advogada e diretora Executiva da NL Informática e CEO do CakeERP, Grasiela Tesser. Ela foi a convidada para a primeira edição de 2022 da Tribuna Empresarial CIC de 2022.
Ela falou sobre as novidades apresentadas durante a NRF 2022, maior evento de varejo do mundo, realizado nos Estados Unidos, em janeiro.
“Tudo mudou, tudo mudou muito rápido, tivemos que acelerar demais os nossos negócios em função de algo completamente inesperado”.
E essa turbulência quebrou com a crença de que as coisas não podem mudar rápido. Na palestra “PREPARAR, APONTAR, ACELERAR!”, Grasiela falou sobre as tendências e perspectivas de consumo e consumidor para que 2022 seja diferente.
Segundo ela, ao mesmo tempo em que muitas coisas passaram a ser realizadas via on-line, uma onda traz um movimento de crescimento aos negócios locais.
“Temos as grandes redes que atuam no digital, mas existe uma tendência crescente de consumo em estabelecimentos e prestadores de serviço que estão mais perto. Esse senso de comunidade foi muito aflorado durante a pandemia”, destacou.
Grasiela também avaliou como o conflito entre as gerações influencia nos mercados e, principalmente, como as marcas vão se comportar nos meios on-lines e estabelecer suas estratégias de venda e comunicação. Até 2030, 50% da população mundial terá nascido depois de 1995, ou seja, já na era digital.
Atualmente, alguns aplicativos já acumulam vendas superiores ao PIB de países europeus, como o TikTok que soma 26 bilhões de dólares, volume maior do que todos a produção de bens e serviços da Islândia.
“A pandemia nos ensinou que esse movimento acelerado não vai diminuir. Por isso é preciso olhar para frente e pensar no futuro que iremos criar. Pensar grande ou pequeno dá o mesmo trabalho. Mas quem não for rápido, vai ficar no passado”.

Compartilhe

Últimas notícias

Como podemos ajudar ?