NOTÍCIAS

É preciso estar sempre atento para construir caminhos

Finalizando o terceiro trimestre do ano, temos a impressão de que a retomada do crescimento produtivo brasileiro não alcançou as expectativas que tínhamos ao final do ano passado.
As reformas encaminhadas pelo novo Governo avançam, às vezes mais lentas do que seria preciso e, outras vezes, surpreendentemente freados por aqueles que propõem as mudanças.
Em um balanço preliminar é justo dar crédito ao Governo que tem buscado diminuir a burocracia no setor empresarial e possibilitar um menos injusto tratamento àqueles que produzem as riquezas do país.
Por outro lado, ainda é necessário que se acelerem as reformas.
Isso vai possibilitar o retorno do investimento em áreas que há muito tempo andam sufocadas, como a infraestrutura, a eficiência da máquina pública e o incentivo à indústria nacional.
Nosso maior desafio é manter os empresários unidos e motivados depois deste longo período de dificuldades e incertezas que o Brasil atravessa.
Somos o elo que busca soluções entre o setor produtivo e o poder público, entre a necessidade de produzir e os entraves burocráticos, entre o desenvolvimento e a excessiva carga tributária.
É preciso estar sempre atento para construir caminhos que intensifiquem a vocação histórica de nossa gente.
A retomada do crescimento exige passos firmes e constantes.
Tobias Debiasi
Presidente da CIC

Compartilhe

Últimas notícias

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Como podemos ajudar ?