NOTÍCIAS

10/14/2020

Balanço Econômico mostra crescimento expressivo das empresas de Garibaldi no ano pré-pandemia

Os resultados das empresas garibaldenses no ano pré-pandemia foram apresentados na quarta-feira, 14 de outubro, com a divulgação do Balanço Econômico de Garibaldi.
A publicação, que terá sua distribuição impressa para os associados da CIC e CDL, também pode ser consultada em sua versão online no site da CIC (www.cicgaribaldi.com.br). A produção do anuário tem a parceria com a Prefeitura de Garibaldi, Universidade de Caxias do Sul e escritórios contábeis da cidade.
Faça o download do arquivo digital do Balanço Econômico 2020
A 21ª edição da publicação apresenta os dados de 2019 de 82 empresas, de 18 segmentos. Entre os destaques da publicação está o crescimento nos investimentos, que saltaram de R$ 38,6 milhões para R$ 63,9 milhões, um aumento de 65,31% em relação ao ano anterior.
No mesmo período também houve incremento no número de empregos em 4,22%, no faturamento total em 10,8% e no lucro operacional em 24,7%.
Outro dado significativo para as empresas foi a consolidação do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos. No ano passado o crescimento foi de 13,31%, alcançando o patamar de R$ 2,32 bilhões.
O anuário econômico também demonstra que Garibaldi é a 37ª cidade gaúcha que mais exporta. A posição foi confirmada após um ano com aumento de 52,1% no valor (63 milhões de dólares) e de 58,5% no volume exportado (43,5 toneladas).
“O nosso objetivo, juntamente com os profissionais que avaliaram os dados coletados, é proporcionar uma análise que possa estabelecer uma radiografia minuciosa do setor empresarial no ano pré-pandemia. A importância deste trabalho será reconhecida, nos próximos anos, quando tivermos a possibilidade de comparar a linha do tempo do antes, durante e depois na vida das empresas”, enfatiza o presidente da CIC, Tobias Debiasi.
Conforme os pesquisadores responsáveis pela análise das informações apresentadas pelas empresas, o bom desempenho da economia em 2019 reflete a dinâmica do setor produtivo cuja economia, bastante diversificada, atende o mercado interno e externo, gerando empregos e garantindo as rendas necessárias para o município continuar mantendo a qualidade de vida observada pelos indicadores.
A economista, Monica Beatriz Mattia, diz que a economia de Garibaldi é robusta e muito diversificada. “O Balanço Econômico apresenta um resultado para 2019 muito positivo em todos os seus indicadores. E já se observa que os efeitos da pandemia, para 2020, não serão tão fortes para Garibaldi como têm sido para o Estado e o País”, destaca.
Para o contabilista, Eduardo Tomedi Leites, Garibaldi sempre foi representada pelos seus empresários, pelas empresas fortes e estes fatores se destacou nos números divulgados pela publicação.
“Nossa expectativa é que as empresas possam passar pelos obstáculos impostos pela pandemia do novo Coronavírus. Acreditamos que a representatividade de cada segmento vai superar mais este desafio”, enfatiza Leites.
Levando-se em consideração os critérios de desempenho analisados pelo Balanço (receita líquida, salários e encargos, lucro operacional, impostos sobre vendas e patrimônio líquido), a Tramontina Garibaldi manteve o melhor resultado.
Pela ordem, na lista das dez empresas de todos os segmentos com melhor desempenho em 2019 estão Tramontina, Madem, Cooperativa Vinícola Garibaldi, Nutrire, Frigorífico Nicolini, Cooperativa Agrícola Cairú, Aleplast, Metalúrgica Simonaggio, Telasul e Ricefer.

Assista o vídeo com a apresentação da análise dos pesquisadores do 21º Balanço Econômico

Compartilhe

Últimas notícias

Como podemos ajudar ?