NOTÍCIAS

06/17/2022

A guerra e seus impactos na Indústria

Vivemos tempos incertos e atípicos às nossas experiências. Depois da gripe espanhola e a grande depressão mundial registrada em meados de 1930, voltamos a enfrentar uma grave pandemia que afetou a sobrevivência humana e suas relações emocionais e financeiras. Não o bastante, em fevereiro deste ano, acompanhamos tristemente a invasão das tropas Russas com seus armamentos bélicos no território Ucraniano.
Seria muita negligência acreditar que estes eventos não afetariam as nossas vidas. A Rússia é reconhecida como grande exportadora de petróleo, gás, minerais, insumos para fabricação de semicondutores e, em contrapartida, a Ucrânia, uma forte exportadora mundial de grãos, minério de ferro, peças e parte para fabricação de veículos e outros.
Segundo estudo da CNI, cerca de 50% das indústrias brasileiras estão enfrentando problemas relacionados ao conflito desta guerra. A cadeia de suprimentos mundial está sofrendo um rompimento, o que afeta diretamente o custo das matérias primas, insumos e energia elétrica, subindo desordenadamente e descompassando a economia mundial. Junto a isso, a desvalorização da moeda nacional também contribui para tornar o nosso produto ainda mais caro no âmbito internacional.
Essa inconsistência de valores fez com que a inflação chegasse a patamares maiores que os vividos em 2015 e, como consequência, a queda do poder de consumo real da população.
Diante de tantas adversidades, é preciso que as indústrias busquem novos modelos de negócios que agreguem valor aos seus produtos e aos seus clientes e que sejam capazes de promover um crescimento sustentável para suas organizações buscando sempre tecnologia de ponta para apoiá-las a ter uma visão de 360 graus dos seus processos, atuando de forma proativa para maximizar a eficiência operacional e reduzir custos.
Simone Simonaggio Carrer
Diretora da Indústria da CIC e de Negócios Internacionais da Metalúrgica Simonaggio

Compartilhe

Últimas notícias

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Como podemos ajudar ?